Virtualização de processos físicos em Novo S. Joaquim

Para ampliar o volume de processos eletrônicos em tramitação no Estado, a Presidência e a Corregedoria do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, instituíram uma Portaria que determina a virtualização e a digitalização dos processos físicos peticionados no âmbito do Primeiro Grau de jurisdição. O que vai permitir a utilização de duas ferramentas, o Sistema Apolo Eletrônico e o Processo Judicial Eletrônico.
O juiz diretor do Fórum de Novo São Joaquim, Alexandre Meimberg Ceroy, pontua que com a portaria os processos que tramitam na comarca do município vão fluir com mais eficiência a agilidade.
Sonora: Alexandre  Meimberg Ceroy-juiz  e diretor do Fórum da Comarca de Novo São Joaquim
Com informações, Ana Maria Ferreira.