Judiciário lança projeto para conscientização de homens agressores em Várzea Grande

Conscientizar homens que praticaram crimes de violência doméstica contra a mulher, este é um dos objetivos do projeto Ser +, do Poder Judiciário de Mato Grosso. O projeto piloto, que teve início em outubro, é resultado da parceria da Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Várzea Grande com o Centro Universitário, o Univag.
 
Ao todo, serão realizados 6 encontros reflexivos, divididos nas seguintes modalidades: oficinas reflexivas, roda de conversa, palestras e debates com profissionais especializados como médicos, advogados, psicólogos, assistentes sociais e acadêmicos.

Este participante avalia a iniciativa da Justiça Estadual como positiva.

SONORA PERSONAGEM:  (NÃO ESQUECER DE DISTORCER A VOZ)

De acordo com a juíza responsável, Glenda Borges, o serviço será disponibilizado para a reflexão de homens autores de agressões tipificadas na Lei Maria da Penha.

SONORA: Glenda Borges da Vara Especializada de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Várzea Grande

O projeto resgata a capacidade do diálogo, potencializando a construção de relações saudáveis, pautadas no respeito e na equidade.

Da Rádio Agência Estação TJ – Geyza de Oliveira