Abandono de familiar idoso é crime

A 12ª edição do projeto Ribeirinho Cidadão  foi marcada por uma história  triste, o abandono de dois  idosos, Abílio Rodrigues da Silva 84 anos e  André Rodrigues da Silva com 86.
O fato identificado pela Justiça Comunitária do Poder Judiciário de Mato Grosso, estimulou  órgãos competentes agiram no caso. O Juiz coordenador do projeto José Antônio Bezerra Filho comenta a decisão proferida no dia 11 de março, pela juíza Katia Rodrigues Oliveira, titular da Comarca de Poconé e substituta de Santo Antônio de Leverger.
Sonora 01: Juiz coordenador do projeto José Antônio Bezerra

Recordando o caso; os dois idosos moravam em um vilarejo chamado Vale Abençoado, sem tratamento adequado, em meio a parasitas, lixo e passando fome. O magistrado conta que o projeto Ribeirinho Cidadão vai acompanhar a situação.
Sonora 02: Juiz coordenador do projeto José Antônio Bezerra

O presidente da Comissão de Direito do Idoso, da OAB-MT Isandir Rezende explica  que a pessoa idosa tem a proteção garantida e baseada na Constituição Federal. Abandonar um familiar idoso é desumano, e também é crime.
Sonora 03: Advogado Isandir Rezende

Leia:Justiça determina abrigamento em 48h de idosos abandonados

Reportagem,  Elaine Coimbra